Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Desumidificador

Desumidificador

O nome maldito

A entrevista dada por Aníbal Cavaco Silva à RTP para promover o seu novo livro (cuja escrita começou quando ainda era Presidente, ao contrário do que anunciara antes) sofreu devido às restrições de tempo, limitativas do número de questões. Seria bom se o jornalista Vítor Gonçalves tivesse feito a seguinte pergunta a Cavaco: “Que filósofo grego do século V a.C. criou a máxima “Só sei que nada sei”?” Talvez assim o entrevistado conseguisse dizer “Sócrates” e não “o primeiro-ministro do XVII e do XVIII Governo Constitucional”.

 

Embora se recuse a comentar o trabalho do actual Governo, Cavaco Silva admitiu ter sido, após as eleições legislativas de 4 de Outubro de 2015, ultrapassado e surpreendido pela realidade. No entanto, Cavaco afirmou, antes do sufrágio, ter previsto “todos os cenários” possíveis em função dos eventuais resultados. Parece que, de facto, o então chefe de Estado previu todos os cenários, mas não esperava uma mudança no elenco que lhe retirasse o papel principal e fizesse a actriz Catarina Martins subir ao palco. Cavaco também não antecipou uma alteração do texto da peça no sentido de uma dramaturgia inspirada em Brecht.

 

 

É algo bizarra a gratidão que Aníbal manifesta aos portugueses por lhe terem permitido ser Presidente da República. Parece uma criança a agradecer um brinquedo recebido de presente. Já se sabe, há miúdos que partem tudo o que lhes passa pelas mãos.