Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Desumidificador

Desumidificador

Olhos laranjas

 

1. Visão, 24-11-2016

 

Artigo: Inês Rapazote e Márcia Galrão, “Por dentro da cabeça de Passos” (pp. 42-44)

 

Situação no PSD: O primeiro aniversário da Geringonça expõe o aparente falhanço da estratégia de Pedro Passos Coelho (PPC); Rui Rio é apontado como futuro candidato à liderança

 

Caracterização de PPC: “Está magoado. Colam-lhe o estatuto de “profeta da desgraça” e isso incomoda-o.”; “não precisam de fazer conspirações para o tirar do lugar. Se vir que deve ir, irá.”; “Passos sente que ainda pode ajudar o País e que se tiver oportunidade tentará completar o que deixou a meio.”

 

Fontes anónimas citadas: “O assessor” (de PPC)

 

Declarações de PPC à Visão citadas: Nenhuma

 

 

2. Visão, 05-01-2017

 

Artigo: Inês Rapazote, “Mais firme do que parece” (pp. 66-69)

 

Situação no PSD: Cresce o mal-estar no partido, mas ninguém avança contra PPC; vários nomes testados; Rio pode vencer o congresso marcado para depois das autárquicas

 

Caracterização de PPC: “Passos Coelho está preso ao passado, ao caminho que começou no governo e que acredita ser o mais acertado para Portugal”; “Mantém o estilo sóbrio, de homem institucional”; “É amiúde acolhido em salas à pinha”

 

Fontes anónimas citadas: Um “barão social-democrata”, “um dos seus ex-ministros”; “quem com ele fez muitas caminhadas, por essa vida fora”, “um ex-dirigente do PSD”


Declarações de PPC à Visão citadas: Nenhuma

 

 

3. Visão, 09-02-2017

 

Artigo: Inês Rapazote, “Os primeiros dias do resto do ano de Passos” (pp. 78-81)

 

Situação no PSD: A polémica da TSU revitalizou PPC internamente e já ninguém fala em candidaturas à liderança; o partido está unido

 

Caracterização de PPC: “O novo Passos”; “O líder da oposição parece renascido das cinzas”; “este Passos é diferente daquele que perdeu as eleições (sic) e se fechou no seu mundo”; “Mantém a prioridade na vida familiar”; “um homem só”

 

Fontes anónimas citadas: “um deputado”, “um dirigente do PSD conhecedor do partido”, “um líder distrital”, “outro líder distrital”, “um dos seus ex-ministros”, “um dirigente”

 

Declarações de PPC à Visão citadas: Nenhuma

 

 

4. Conclusão

 

Artigos sobre o interior do PSD (ou de outro partido) baseados em fontes anónimas e abundantes em descrições psicológicas de um político que supostamente nunca foi ouvido por quem escreveu o texto são publicidade não paga (?) e não identificada.